“FÁTER” (O CRIADOR)

Revelada em Makka; 45 versículos.
35ª SURATA
Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.
1 Louvado seja Deus, Criador dos céus e da terra(1321)
, Que
fez dos anjos mensageiros, dotados de dois, três ou quatro
pares de asas; aumenta a criação conforme Lhe apraz,
porque Deus é Onipotente.
2 A misericórdia com que Deus agracia o homem ninguém
pode obstruir e tudo quanto restringe ninguém pode
prodigalizar, à parte d’Ele, porque é o Poderoso, o
Prudentíssimo.
3 Ó humanos, recordai-vos da graça de Deus para
convosco! Porventura, existe outro criador que não seja
Deus, Que vos agracia, quer (com coisas) do céu quer da
terra? Não há mais divindade além d’Ele! Como, pois, vos
desviais?
4 E se te desmentirem, fica sabendo que mensageiros
anteriores a ti também foram desmentidos. Mas a Deus
retornarão os assuntos!
5 Ó humanos, a promessa de Deus é inexorável! Que a
vida terrena não vos iluda, nem vos engane o sedutor, com
respeito a Deus.
6 Posto que Satanás é vosso inimigo, tratai-o, pois como
inimigo, porque ele incita os seus prosélitos a que sejam
condenados ao tártaro.
7 Os incrédulos sofrerão um terrível castigo. Mas os fiéis,
que praticam o bem, obterão indulgência e uma grande
recompensa.
8 Acaso, aquele cujas más ações lhe foram abrilhantadas
e as vê como boas, (poderá ser equiparado ao
encaminhado)? Certamente Deus deixa desviar-se quem
quer e encaminha quem Lhe apraz. Não te mortifiques,
pois, em vão, por seu desvio, porque Deus é Sabedor de
tudo quanto fazem.
9 E Deus é Quem envia os ventos, que movem as
nuvens(1322)
(que produzem chuva). Nós as impulsionamos
até a uma terra árida e, mediante elas, reavivamo-la,
depois de haver sido inerte; assim é a ressurreição!
10 Quem ambiciona a glória, saiba que toda glória
pertence integralmente a Deus. Até a Ele ascendem as
puras palavras e as nobres ações. Aqueles que urdem
maldades(1323)
sofrerão um terrível castigo, e sua
conspiração será inútil.
11 E Deus vos criou do pó; então(1324)
de esperma; depois
vos dividiu em pares. E nenhuma fêmea concebe ou gera
sem o Seu conhecimento. Não se prolonga, nem se
abrevia a vida de ninguém, sem que isso esteja registrado
no Livro, porque isso é fácil a Deus.
12 Jamais se equipararão as duas águas,(1325)
uma doce,
agradável de ser bebida, e a outra, que é salobra e
amarga; porém, tanto de uma como da outra comeis carne
fresca e extraís ornamentos(1326)
com que vos embelezais –
e vedes nela os navios sulcando as ondas, à procura da
Sua graça, para que, quiçá, Lhe agradeçais.
13 Ele insere a noite no dia e o dia na noite e rege o sol e a
lua(1327)
; cada um percorrerá o seu curso até um término
prefixado. Tal é Deus para vós, vosso Senhor, e é d’Ele o
Reino. Quanto aos que invocais em vez d’Ele, não
possuem o mínimo que seja de poder.(1328)
14 Quando os invocardes, não ouvirão a vossa súplica e,
mesmo se a ouvirem, não vos atenderão. E no Dia da
Ressurreição renegarão a vossa idolatria; e ninguém te
informará (ó humano) como o Onisciente.
15 Ó humanos, sois vós que necessitais de Deus, porque
Deus é, por Si, o Opulento, o Laudabilíssimo.
16 Se quisesse, poderia fazer-vos desaparecer e
apresentaria uma nova criação,
17 Porque isso não é difícil a Deus.
18 E nenhum pecador(1329)
arcará com culpa alheia; e se
uma alma sobrecarregada suplicar a outra a que lhe alivie
a carga, esta não lhe será aliviada no mínimo que seja,
ainda que por um parente(1330)
. Admoestarás tão-somente
aqueles que temem seu Senhor na intimidade, e observam
a oração. E quem se purificar, será em seu próprio
benefício, porque a Deus será o retorno.
19 Jamais se equipararão o cego e o vidente.
20 Tampouco as trevas e a luz.
21 Ou a sombra e a canícula.
22 Nem tampouco se equipararão os vivos e os mortos.
Em verdade, Deus faz ouvir quem Lhe apraz; contudo, tu
não podes fazer-te ouvir por aqueles que estão nos
sepulcros,
23 Porque não és mais do que um admoestador.
24 Certamente te enviamos com a verdade e como
alvissareiro e admoestador, e não houve povo algum que
não tivesse tido um admoestador.
25 E, se te desmentirem, olha, seus antecessores
desmentiram os seus mensageiros que lhes apresentaram
as evidências, os Salmos e o Livro lúcido.
26 Então castigamos os incrédulos; e que terrível foi a
(Nossa) rejeição (a eles)!
27 Não reparas em que Deus faz descer a água do céu? E
produzimos, com ela, frutos de vários matizes(1331)
; e
também há extensões de montanhas, brancas,
vermelhas(1332)
, de diferentes cores, e as há de intenso
negro.
28 E entre os humanos, entre os répteis e entre o gado, há
indivíduos também de diferentes cores(1333)
. Os sábios,
dentre os servos de Deus, só Ele temem, porque sabem
que Deus é Poderoso, Indulgentíssimo.
29 Por certo que aqueles que recitam o Livro de Deus,
observam a oração e fazem caridade, privativa ou
paladinamente, com uma parte daquilo com que os
agraciamos, almejam um comércio imorredouro.
30 Deus lhe pagará as suas recompensas e lhes
acrescentará de Sua graça, porque é Compensador,
Indulgentíssimo.
31 E o que te revelamos do Livro é a verdade que
corrobora os Livros que o precederam; sabei que Deus
está inteirado, e é Observador de Seus servos.
32 Então, fizemos herdar o Livro a quem elegemos dentre
os Nossos servos; porém, entre eles há aqueles que se
condenam(1334)
, outros que são parcimoniosos e outros que
se emulam na beneficência, com o beneplácito de Deus.
Eis a magnífica graça:
33 Jardins do Éden, os quais adentrarão, onde serão
enfeitados com braceletes(1335)
de ouro e pérolas; e suas
vestimentas serão de seda pura.
34 E dirão; Louvado seja Deus, que nos tem livrado da
aflição! O Nosso Senhor é Compensador, Indulgentíssimo.
35 E, em virtude de Sua graça, alojou-nos na morada
eterna, onde não nos molestará a fadiga, nem tampouco a
languidez!
36 Por outra, os incrédulos experimentarão o fogo infernal.
Não serão condenados a morrer, nem lhes será aliviado,
em nada, o castigo. Assim castigamos todo o ingrato.
37 E aí clamarão: Ó Senhor nosso, tira-nos daqui, que
agiremos de uma forma diferente da que agíamos! Acaso,
não vos prolongamos as vidas, para que, quem quisesse
refletir, pudesse fazê-lo, e não vos chegou o admoestador?
Provai, pois, (o castigo)! Sabei que os iníquos não têm
socorredor algum!
38 Deus é Conhecedor do mistério dos céus e da terra,
porque conhece bem as intimidades dos corações.
39 Ele foi Quem vos designou como legatários na terra.
Mas, quem pecar, o fará em detrimento próprio; porém,
quanto aos incrédulos, sua perfídia não lhes acrescentará
senão aversão, aos olhos de seu Senhor; e sua perfídia
não lhes acrescentará senão perdição.
40 Dize-lhes: Não reparais nas divindades que invocais em
vez de Deus? Mostrai-me o que criaram na terra! Acaso,
participem dos céus? Ou então lhes concedemos algum
Livro, no qual pudessem basear-se? Qual! Os iníquos não
prometem, mutualmente, mais do que ilusões!
41 Em verdade, Deus sustém os céus e a terra, para que
não se desloquem, e se se deslocassem, ninguém, que
não fosse Ele, poderia contê-los. Em verdade, é Tolerante,
Indulgentíssimo.
42 Juraram solenemente por Deus que, se lhes fosse
apresentado um admoestador, encaminhar-se-iam
mais(1336)
do que qualquer outro povo; porém, quando um
admoestador lhes chegou, nada lhes foi aumentando,
senão em aversão,
43 Em ensoberbecimento na terra e em conspiração para o
mal; todavia, a conspiração para o mal somente assedia os
seus feitores. Porventura, almejam algo, além da sorte dos
povos primitivos? Porém, nunca acharás variações na Lei
de Deus(1337)
; e nunca acharás mudanças na Lei de Deus.
44 Porventura, não percorreram a terra(1338)
, para ver qual
foi o destino dos seus antecessores, que eram mais
poderosos do que eles? Porém, nada poderá desafiar
Deus, nos céus ou na terra, porque é Onipotente,
Sapientíssimo.
45 De sorte que se Deus tivesse castigado os humanos
pelo que cometeram, não teria deixado sobre a face da
terra um só ser(1339)
; porém, tolera-os até um término
prefixado. E quando esse término expirar, certamente
constatarão que Deus é Observador de Seus servos.